Os gigantes da indústria alimentar entre a grande distribuição e os novos clusters a montante

  • John Wilkinson

Resumo

Neste artigo, enfocamos o desafio que os novos processos de reestruturação global representam para as empresas líderes de alimentos finais, explorando, complementarmente, a hipótese de que o novo paradigma da bio(tecno)logia e os novos padrões de demanda alimentar (nutricêuticos, orgânicos) acentuam a vulnerabilidade das empresas que se organizam em torno deste elo no sistema alimentar global. O setor de alimentos finais parece estar em perigo de ser comprimido entre os extremos da oferta e da procura. Por um lado, é altamente passivo em relação ao drama do novo paradigma das biotecnologias; e, por outro, falta-lhe o conhecimento detalhado da demanda global possibilitado pela tecnologia de informação, o que dá uma vantagem decisiva ao varejo.

Biografia do Autor

John Wilkinson
professor da UFRRJ/CPDA
Publicado
2013-12-08
Seção
Número 18 - abril de 2002