Contag: 60 anos de um sindicalismo em movimento

Autores

  • Ricardo Braga Brito Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) – Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil https://orcid.org/0000-0002-0220-7377

DOI:

https://doi.org/10.36920/esa31-2_15

Palavras-chave:

resenha, Contag

Resumo

Resenha do livro Contag: 1963-2023. Ações de reprodução social e formas de ações coletiva, de Marco Antonio Teixeira.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ricardo Braga Brito, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) – Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil

Pós-doutorando no Programa de Pós-graduação de Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (CPDA/UFRRJ). Membro do Núcleo de Pesquisa, Documentação e Referência sobre Movimentos Sociais e Políticas Públicas no Campo (NMSPP/CPDA/UFRRJ), do Grupo de Pesquisa “Conflitos, movimentos sociais e representação política” e da Comissão Camponesa da Verdade.
ricardobraga.brito@gmail.com
https://orcid.org/0000-0002-0220-7377
http://lattes.cnpq.br/2742939826813262

Downloads

Publicado

27-11-2023

Edição

Seção

Seção Temática “Sindicalismo de Trabalhadores(as) rurais no Brasil: transformações, permanências e os 60 anos da Contag”, organizada por Marco Antonio Teixeira (Universität Heidelberg, Alemanha) e Priscila Delgado (Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro)