Os (re)significados do sertão em ‘Outros Cantos’ de Maria Valéria Rezende

The (re)signification of sertão in Outros Cantos by Maria Valéria Rezende

Autores

DOI:

https://doi.org/10.36920/esa-v28n3-6

Resumo

Partindo de uma discussão sobre as origens do regionalismo na historiografia literária brasileira (CANDIDO, 1975, 2000, 2014), este estudo analisa a representação do espaço rural do sertão no romance Outros Cantos, da escritora Maria Valéria Rezende (2016). Sob a perspectiva antropológica de Darcy Ribeiro (2006) e das contribuições de Moreira (2016), discute-se os conflitos sociais oriundos de relações assimétricas de poder envolvendo as categorias hierárquicas de classe, a fim de compreender os novos contornos que delineiam o sertão nordestino no mundo globalizado e como esse espaço aparece ressignificado na literatura brasileira contemporânea (SANTINI, 2009, 2011, 2012, 2014).
Palavras-chave: literatura brasileira contemporânea; Maria Valéria Rezende; sertão.


Como citar
SANT'ANA, Renata Cristina. Os (re)significados do sertão em ‘Outros Cantos’ de Maria Valéria Rezende. Estudos Sociedade e Agricultura, Rio de Janeiro, v. 28, n. 3, p. 624-643, out. 2020. DOI: https://doi.org/10.36920/esa-v28n3-6.

Recebido em 2 de agosto de 2020.  Aceito em 28 de agosto de 2020.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renata Cristina Sant' Ana, Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) – Juiz de Fora, Minas Gerais, Brasil

Doutoranda em Letras – Estudos Literários pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).
recsantana2013@gmail.com
https://orcid.org/0000-0001-5854-317X
http://lattes.cnpq.br/1189441522127340

Downloads

Publicado

2020-10-01