Estratégias de renda de trabalhadores migrantes e a mecanização da colheita de cana-de-açúcar: um olhar desde o Sertão Paraibano

Income strategies of migrant workers and the mechanization of the sugarcane harvest: a perspective from the backlands of Paraíba

Autores

DOI:

https://doi.org/10.36920/esa-v28n2-9

Resumo

A mecanização do corte de cana em usinas do estado de São Paulo se intensificou na década de 2010, resultando em queda significativa do emprego, pelo fato de uma colheitadeira substituir em média 80 cortadores de cana. Este artigo tem como objetivo analisar os impactos desse processo sobre as estratégias de emprego dos trabalhadores migrantes da região Nordeste do Brasil. Considerando que os municípios onde esses trabalhadores residem têm baixo índice de oferta de empregos, eles continuam migrando para outras localidades para trabalharem em atividades econômicas diversas, como construção civil, comércio como a venda de roupas e outras.  Este artigo está fundamentado em pesquisa realizada na região do Sertão de Cajazeiras, estado da Paraíba, com famílias em que os homens migraram para trabalhos temporários no período de 2011 a 2015. A metodologia teve por base a observação etnográfica e a história oral, com entrevistas semiestruturadas e análise de dados quantitativos de fontes secundárias.
Palavras-chave: trabalhadores migrantes; migração temporária; usinas de cana-de-açúcar; mecanização agrícola.

Artigo recebido em 25 de novembro de 2019. Aceito em 17 de março de 2020.

Como citar
COVER, Maciel; MENEZES, Marilda Aparecida. Estratégias de renda de trabalhadores migrantes e a mecanização da colheita de cana-de-açúcar: um olhar desde o Sertão Paraibano. Estudos Sociedade e Agricultura, Rio de Janeiro, v. 28, n. 2, p. 458-475, jun. 2020.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maciel Cover, Universidade Federal do Tocantins (UFT), Palmas, Tocantins, Brasil

Doutorado em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). Professor colaborador do Programa de Pós-graduação em Sociologia (UFMA). Professor adjunto da Universidade Federal do Tocantins (UFT).
https://orcid.org/0000-0003-3816-4927
http://lattes.cnpq.br/9524897911810266
covermaciel@gmail.com

Marilda Aparecida Menezes, Universidade Federal do ABC (UFABC), Santo André, São Paulo, Brasil

Pós-doutorado no Agrarian Studies Program da Yale University, EUA e no Departamento de Antropologia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Professora colaboradora no Programa de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal do ABC (UFABC) e no Doutorado em Ciências Sociais da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).
https://orcid.org/0000-0001-5815-975X
http://lattes.cnpq.br/9822634790399791
menezesmarilda@gmail.com

Downloads

Publicado

2020-06-01