A gênese da política de desenvolvimento territorial no Brasil: atores, redes e a comunidade de política pública

The genesis of territorial development policy in Brazil: actors, networks and the public policy community

Autores

DOI:

https://doi.org/10.36920/esa-v28n1-8

Resumo

O artigo tem como objetivo desvendar a gênese da política de desenvolvimento territorial no Brasil, olhando para a importância das redes sociais na formação de uma comunidade de políticas pública específica sobre desenvolvimento rural com viés territorial. Busca-se trazer para o debate as influências de diversos atores da rede (militantes ou simpatizantes de movimentos sociais) que figuravam no cenário rural brasileiro e que, com a entrada do presidente Luís Inácio Lula da Silva, em 2003, tornam-se membros da burocracia estatal, inclusive assumindo cargos de alto escalão. Trabalha-se com a hipótese de que as perspectivas assumidas por esses atores foram centrais nas definições das políticas territoriais. A relação entre movimentos sociais, partidos políticos e Estado é pensada a partir da sociologia relacional, utilizando a ideia de redes sociais e comunidade de política pública, buscando identificar quais atores ocuparam postos-chave em arenas deliberativas e decisórias e como se articularam com demais burocratas. Foram realizadas entrevistas com atores-chave como a principal fonte de dados para a análise. Reforça-se que, mais do que um contexto institucional favorável, ou seja, a abertura de janelas de oportunidades possibilitadas pelo Governo Lula, são as ações dessa comunidade desde os anos 1990 que de fato produzem ideias/valores e definem as políticas públicas com o viés territorial para pensar o desenvolvimento no país.
Palavras-chave: redes sociais; desenvolvimento territorial; comunidade de política.

MOURA, Joana Tereza Vaz de; PONTES, Bárbara Maia Lima Madeira. A gênese da política de desenvolvimento territorial no Brasil: atores, redes e a comunidade de política pública. Estudos Sociedade e Agricultura, v. 28, n. 1, p. 180-207, fev. 2020.

Recebido em 4 de junho de 2019.
Aceito em 28 de novembro de 2019.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Joana Tereza Vaz de Moura, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) – Natal, Rio Grande do Norte, Brasil

Doutorado em Ciência Política pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Pós-doutorado em Sociologia pela New York University (NYU). Professora do Departamento de Políticas Públicas do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).
Email: joanatereza@gmail.com
https://orcid.org/0000-0001-9561-1063
http://lattes.cnpq.br/1003674384958659

Bárbara Maia Lima Madeira Pontes, Universidade de Brasília (UnB) – Brasília, Distrito Federal, Brasil

Doutoranda em Ciência Política pela Universidade de Brasília (UnB).
E-mail: barbaram.pontes@gmail.com
https://orcid.org/0000-0002-7127-2498
http://lattes.cnpq.br/7184425060664267

Downloads

Publicado

2020-02-01