A rentabilidade dos produtores de soja no Paraguai: concentração e exclusão

Profitability of soy producers in Paraguay: concentration and exclusion

Resumo

Atualmente o cultivo da soja exige dos produtores um apurado conhecimento tecnológico, gerencial, financeiro e produtivo, sobretudo por ser um produto padronizado, com preço definido internacionalmente, pautada em um comércio global e controlado por empresas transnacionais. A interação entre rendimento por área, custo de produção e preço de venda define se o produtor finalizará o ciclo produtivo com saldo positivo ou negativo. O objetivo deste trabalho é analisar a margem líquida do cultivo da soja no Paraguai entre 2002/2003 e 2018/2019, percebendo as variações ao longo dos anos e seus efeitos sobre os produtores. Este estudo utiliza uma abordagem qualitativa e quantitativa, como revisão bibliográfica, análise de dados estatísticos, aplicação de questionário com 77 produtores de soja e 8 ex-produtores e realização de entrevistas com representantes de 45 empresas do setor. Os resultados mostram que há forte variação na margem líquida da soja conforme a safra e o perfil do produtor, cujo efeito mais evidente é a exclusão de alguns produtores e a concentração naqueles com maiores área e eficiência produtiva.
Palavras-chave: mercado da soja; produtores rurais; rentabilidade; Paraguai.

WESZ JUNIOR, Valdemar João. A rentabilidade dos produtores de soja no Paraguai: concentração e exclusão. Estudos Sociedade e Agricultura, v. 28, n. 1, p. 156-179, fev. 2020.

Recebido em 5 de novembro de 2019.
Aceito em 6 de janeiro de 2020.

Biografia do Autor

Valdemar João Wesz Junior, Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA), Brasil

Doutorado pelo Programa de Pós-Graduação de Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (CPDA/UFRRJ). Professor adjunto do curso de Desenvolvimento Rural e Segurança Alimentar e no Mestrado de Políticas Públicas e Desenvolvimento da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA). Vinculado ao Observatório de Políticas Públicas para Agricultura (OPPA/CPDA/UFRRJ), ao Grupo de Estudos em Mudanças Sociais, Agronegócio e Políticas Públicas (GEMAP) e ao Observatório das Agriculturas Familiares Latino-americanas (AFLA).
E-mail: jwesz@yahoo.com.br
https://orcid.org/0000-0002-8154-7088
http://lattes.cnpq.br/5218456431756627

Publicado
2020-02-01