Você Sabia? O lúdico como ferramenta organizativa no periódico Terra Livre (1954-64)

Did you know? Playfulness as an organizational tool in the periodical Terra Livre (1954-64)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.36920/esa-v25n3-8

Resumo

Movidos pelo desejo de ampliar as análises sobre a atuação dos trabalhadores rurais no Brasil pré-64, elaboramos o presente artigo, cujo objetivo é identificar a função do espaço “Almanaque de Terra Livre” na transmissão das diretrizes e interpretações pecebistas. Para tanto, dividimos o texto em cinco partes: elaboramos um breve histórico sobre a atuação do Partido Comunista Brasileiro (PCB) no campo, abordando suas estratégias de luta; apresentamos as principais características do Terra Livre e a função política da imprensa pecebista; expomos o papel das piadas na circunscrição dos adversários; analisamos a questão étnica na construção argumentativa do periódico; identificamos as estratégias utilizadas para inculcar preceitos da luta de classes. Adotando como referências teórico-metodológicas as ideias desenvolvidas por Jean-Noël Jeanneney, Norman Fairclough, Regina de Luca, Cruz e Peixoto, procuramos fazer uma análise bidimensional do discurso desse periódico, discutindo tanto sua estrutura textual – vocabulário, coesão e estratégia textual – como a conjuntura político-econômica na qual se inseria.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Max Fellipe Cezario Porphirio, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), Brasil

Doutorando do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ).
E-mail: max_fcp@hotmail.com

Downloads

Publicado

29-09-2017