A ação coletiva como facilitador da inovação no manejo orgânico: o caso do Sistema Participativo de Garantia

Collective action as a facilitator of organic management: the case of the Participatory Guarantee System

Autores

DOI:

https://doi.org/10.36920/esa-v27n1-6

Resumo

 O alimento orgânico necessita de sistemas de garantia da qualidade que assegurem a rastreabilidade do produto ao longo da cadeia de valor, do produtor até o consumidor final. A regulamentação brasileira criou três dispositivos para tal: o Organismo de Controle Social (OCS), para a venda direta ao consumidor, sem Certificação; a Certificação por auditoria; e os Sistemas Participativos de Garantia, este último, operando a partir da implantação de Organismos Participativos de Avaliação da Conformidade (OPAC). Os resultados alcançados com a análise dos dados de 107 associados de um OPAC mostram que, muito além de viabilizar o uso do selo governamental de garantia da qualidade orgânica, o OPAC cria um mecanismo de comunicação que intensifica o intercâmbio de conhecimento e um sistema social fundamentado no capital social e na governança policêntrica que contribuem para a adoção de tecnologias sobre manejo orgânico, e mostra também, a importância das políticas regulatórias como elemento indutor da ação coletiva.
Palavras-chave: produção orgânica; inovação; ação coletiva.

MEDAETS, Jean Pierre Passos; CECHIN, Andrei Domingues. A ação coletiva como facilitador da inovação no manejo orgânico: o caso do Sistema Participativo de Garantia. Estudos Sociedade e Agricultura, v. 27, n. 1, p. 118-136, fev. 2019.

Recebido em setembro de 2018.
Aceito em dezembro de 2018.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jean Pierre Passos Medaets, Universidade de Brasília (UnB), Brasil

Doutorado em Desenvolvimento Sustentável pelo Centro de Desenvolvimento Sustentável e professor adjunto na Faculdade de Agronomia e Veterinária, área de Ciências Sociais Aplicadas e Agronegócio da Universidade de Brasilia (UnB).
E-mail: jmedaets@gmail.com
http://lattes.cnpq.br/2470280718997482

Andrei Domingues Cechin, Universidade de Brasília (UnB), Brasil

Doutorado em Administração pela Universidade de Wageningen, Holanda e professor adjunto A do Departamento de Economia da Universidade de Brasília (UnB).
E-mail: andrei_cechin@hotmail.com
http://lattes.cnpq.br/1311262425931714

Downloads

Publicado

2019-02-01