Meio século de oligarquia, uma década de assentamento: a herança da Fazenda Cabaceiras no Assentamento 26 de Março, em Marabá – PA

  • Evandro Carlos Costa Neves Universidade Federal do Pará
  • Heribert Schmitz Universidade Federal do Pará

Resumo

Este trabalho analisa de que maneira as transformações, especialmente o desmatamento, durante o domínio das oligarquias agrárias por meio século influenciam no cotidiano de famílias camponesas assentadas. Trata-se da área da Fazenda Cabaceiras, onde hoje é o Assentamento 26 de Março, em Marabá (PA), organizado pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). A metodologia utilizada apoiou-se em levantamento bibliográfico-documental e pesquisa de campo com a realização de entrevistas. Conclui-se que os limites atuais na área de estudo resultam de uma herança histórica de ocupação e uso da terra por troncos familiares da oligarquia local e do atual modelo de reforma agrária projetado para o Sudeste do Pará.

Biografia do Autor

Evandro Carlos Costa Neves, Universidade Federal do Pará

Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Agriculturas Amazônicas (PPGAA) da Universidade Federal do Pará (UFPA). E-mail: evandronevez@live.com.

Heribert Schmitz, Universidade Federal do Pará

Doutor em Sociologia Rural, professor de Sociologia da UFPA e Bolsista de produtividade do CNPq. E-mail: heri@zedat.fu-berlin.de.

Publicado
2018-04-28
Seção
Seção Temática